13°C 17°C
Wenceslau Braz, PR
Publicidade

Cervejaria lançará pedra fundamental da fábrica nos Campos Gerais em março

Terreno da nova unidade recebe processo de terraplanagem; próximas etapas iniciam em breve

30/01/2023 às 13h12 Atualizada em 30/01/2023 às 17h14
Por: Da Redação Fonte: Agência Estadual de Notícias e Portal A Rede
Compartilhe:
Foto Divulgação
Foto Divulgação

A pedra fundamental da nova fábrica da Ambev em Carambeí deverá ser lançada no mês de março deste ano. A informação foi revelada pela prefeita Elisangela Pedroso (PSB), que também adiantou que solenidade deve contar com a presença de diretores da empresa e lideranças políticas, incluindo o governador Ratinho Junior (PSD).

Continua após a publicidade
Anúncio

 

Continua após a publicidade
Anúncio

A nova fábrica de garrafas da Ambev em Carambeí ofertará 1,5 mil vagas durante o processo de construção. A empresa anunciou, nesta semana, uma nova parceria que visa incluir mulheres em situação de vulnerabilidade na realização das obras físicas da unidade.  As capacitações acontecerão durante este ano. 

Com foco em atividades práticas, as mulheres terão a oportunidade de aprender sobre aplicação de revestimentos cerâmicos, preparação de argamassas, rejuntes, ainda aplicação de pinturas e conhecimentos gerais em construção civil. O projeto ainda inclui conteúdos sobre empreendedorismo, protagonismo feminino, segurança na indústria e acompanhamento com mentores.

Investimento supera R$ 800 milhões

Ao todo, a Ambev pretende investir cerca de R$ 870 milhões na nova indústria, que ficará localizada em Carambeí. O anúncio do projeto foi realizado em junho de 2022. “Esse é mais um investimento fantástico para o Paraná. A Ambev já é uma referência em sustentabilidade no nosso Estado e no mundo. Agora, eles trazem mais essa boa notícia: uma indústria de garrafas de vidro, que segue a política da empresa de fazer a reciclagem das garrafas. É mais geração de emprego e renda que atraímos para o Estado”, ressaltou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

A planta industrial vai produzir garrafas a partir da reciclagem de cacos recolhidos, fruto de parcerias com empresas de logística reversa e cooperativas da região. Serão produzidas garrafas dos tipos long neck, 300 ml, 600 ml e 1 litro para diversos rótulos da empresa, como Brahma, Skol, Budweiser, Stella Artois, Becks e Spaten. A capacidade produtiva é de até 500 milhões de garrafas por ano, dependendo do tipo. A fábrica vai abastecer cervejarias do Paraná e de diversos outros estados.

Com informações da Agência Estadual de Notícias e Portal A Rede

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 337,385,61 +1,78%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%