12°C 23°C
Wenceslau Braz, PR
Publicidade

Sengés receberá a primeira edição do Concurso Interestadual de Bandas e Fanfarras

Evento será realizado com parceria entre a prefeitura municipal e a Federação Paranaense de Bandas e Fanfarras

05/07/2024 às 17h22
Por: Da Redação Fonte: DA REDAÇÃO
Compartilhe:
A cidade, que possui aproximadamente 20 mil habitantes, será o palco desta grande atração musical que promete reunir cerca de 1.400 músicos. Foto: Divulgação
A cidade, que possui aproximadamente 20 mil habitantes, será o palco desta grande atração musical que promete reunir cerca de 1.400 músicos. Foto: Divulgação

Amanhã, dia (06), a Federação Paranaense de Bandas e Fanfarras realizará a primeira edição do Concurso Interestadual de Bandas e Fanfarras no município de Sengés. A cidade, que possui aproximadamente 20 mil habitantes, será o palco desta grande atração musical que promete reunir cerca de 1.400 músicos.

Continua após a publicidade
Anúncio

Considerado o maior evento de fanfarras do estado do Paraná, o concurso será realizado pela primeira vez no município de Sengés, atraído representantes não apenas do estado anfitrião, mas também de São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Continua após a publicidade
Anúncio

O concurso será realizado a partir das 08h00, onde cerca de 32 corporações, municipais, de instituições públicas ou rede escolar pública, realizarão apresentações que serão avaliadas por jurados especializados. A competição deve durar até as 22h00.

Cada corporação deverá realizar uma apresentação, onde critérios como aspecto musical, desfile em marcha, balisas e corpo coreográfico serão avaliados e julgados por jurados especializados em cada área.

Com o fim das apresentações, o concurso premiará os três primeiros colocados com troféus e, além disso, a corporação que obtiver a maior nota nas avaliações receberá um prêmio de R$ 5 mil, valor doado pela empresa JOTAGE, uma fábrica de uniformes para fanfarras do estado de São Paulo.

O presidente da Federação Paranaense de Bandas e Fanfarras, José Carlos Gonçalves, destacou a importância do evento para a cidade, assim como para as demais cidades onde o evento já é realizado, mencionando os aspectos positivos tanto no âmbito cultural quanto no aumento da economia local.

“Estes concursos, promovidos através de parcerias entre os municípios e a Federação, são de suma importância para a formação da sociedade, pois motivam as instituições públicas a criarem suas próprias bandas, promovendo assim, um auxílio na disciplina e no convívio social de cada indivíduo que compõe a nossa sociedade atual”, comenta o presidente.

Para ele, bandas e fanfarras são de suma importância para representar o efeito do trabalho cooperativo, influenciando as pessoas a trabalharem em conjunto afim de construir um futuro próspero e solidário.

“Posso afirmar que as bandas contribuem e muito para a sociedade atual. Com o aumento da demanda no mercado de trabalho, é crucial que as pessoas aprendam e acostumem-se a trabalhar em conjunto. E as bandas oferecem este tipo de trabalho, pois precisam da cooperação de todos para uma apresentação de qualidade”, afirma José.

Em uma entrevista exclusiva com a reportagem da Folha, José Carlos comenta que a ideia é de que o concurso não pare nesta edição, tornando-o em uma tradição, assim como em outros municípios.

“Iniciar este projeto na cidade de Sengés, não se trata de um projeto passageiro, mas sim da ideia de transformá-lo em uma tradição municipal, assim como em outros municípios, que aderiram o projeto há anos e dão continuidade até hoje”, enfatiza o presidente.

De acordo com dados coletados durante a entrevista, ainda neste ano será realizado o Campeonato Paranaense de Fanfarras e Bandas, que reunirá apenas bandas do estado para participarem da competição. Este campeonato será realizado no mês de outubro no município de São Mateus do Sul.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.