12°C 22°C
Wenceslau Braz, PR
Publicidade

Tendências nas graduações de 2024, quais as áreas preferidas dos estudantes?

Dados apontam que as diversas dificuldades encontradas na sociedade atual levam os novos estudantes a escolherem graduações que solucionem problemas atuais

02/07/2024 às 12h18
Por: Da Redação Fonte: DA REDAÇÃO
Compartilhe:
Universitários da Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) – FONTE: Universidade Norte do Paraná
Universitários da Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) – FONTE: Universidade Norte do Paraná

À medida que o ano de 2024 avança, o cenário educacional reflete uma demanda crescente por áreas específicas de estudo, refletindo não apenas as necessidades do mercado de trabalho, mas também as mudanças sociais e tecnológicas que moldam a sociedade moderna.

Continua após a publicidade
Anúncio

Entre as diversas graduações mais procuradas até o momento, destacam-se aquelas que estão na vanguarda da inovação e respondem aos mais diversos desafios contemporâneos. De acordo com uma pesquisa realizada pela reportagem da Folha graduações na área de tecnologia, saúde, engenharia, administração e diversos outros cursos tomam conta do mercado de trabalho, influenciando jovens e adultos a se empenharem nestas áreas.

Continua após a publicidade
Anúncio

A ciência de dados e inteligência artificial desponta como uma das líderes, à medida que empresas buscam profissionais capacitados para analisar grandes volumes de dados e implementar soluções baseadas em inteligência artificial. As mais diversas profissões desta área do mercado de trabalho podem oferecer salários altos dependendo do serviço requisitado.

Em paralelo, o setor de saúde e bem-estar continua a atrair um grande número de estudantes, impulsionado pela conscientização global gerada pela pandemia do COVID-19. Cursos como enfermagem, medicina, saúde pública e psicologia estão em alta, refletindo a demanda por profissionais qualificados que possam enfrentar desafios de saúde pública e promover o bem-estar da população.

No campo da engenharia e tecnologia, a diversidade é evidente. Enquanto as engenharias tradicionais como civil, elétrica e mecânica permanecem populares devido à demanda contínua por infraestrutura e inovação, áreas emergentes como engenharia de softwares, engenharia biomédica e tecnologias sustentáveis ganham espaço no mercado de trabalho atual.

No setor dos negócios e administração, cursos que oferecem habilidades na gestão de negócios, finanças, economia e empreendedorismo continuam                a atrair estudantes interessados em ocupar posições de liderança e influência em diversas indústrias. A adaptabilidade dessas habilidades às demandas econômicas globais as torna ainda mais atrativas.

A preocupação crescente com o meio ambiente e a sustentabilidade também se reflete nas escolhas dos estudantes. Cursos relacionados a energia renovável, gestão ambiental, desenvolvimento sustentável e Políticas Públicas Ambientais estão ganhando popularidade à medida que as organizações buscam maneiras de operar de forma mais sustentável e responsável.

Por fim, o campo da educação e pedagogia mantém-se robusto, à medida que a demanda por educadores qualificados e adaptáveis continua alta. Com o avanço das tecnologias educacionais e novas abordagens de ensino, os cursos nesta área capacitam futuros educadores para enfrentar os desafios do ambiente educacional moderno.

A Folha conversou com Maria Aparecida Dias Santucci, proprietária dos polos da Universidade Norte do Paraná (UNOPAR), de Wenceslau Braz, Jaguariaíva, Siqueira Campos, Arapoti, Itaporanga e Quatiguá. Em entrevista, Maria falou sobre a influência dos dias atuais na escolha dos novos estudantes. “Estas graduações estão em alta neste ano, pois são cursos que enfrentam as necessidades encontradas na nossa região”, afirma Maria Aparecida.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 345,585,21 +4,25%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%