°C °C

Homem que mandou matar a ex-mulher e o filho de cinco anos é condenado pela Justiça

Crime aconteceu em setembro de 2020 no município de São Jerônimo da Serra

05/06/2024 às 12h00
Por: Marcelo Aguiar Fonte: Redação
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Internet.
Foto: Reprodução/Internet.

Um homem condenado por mandar matar a ex-mulher e o filho de cinco anos recorreu da decisão da Justiça e acabou tendo sua pena aumentada em dez anos. O crime aconteceu em 2020 no município de São Jerônimo da Serra, no Norte Pioneiro.

De acordo com as informações apuradas pela reportagem, o crime aconteceu no dia 29 de setembro quando um adolescente invadiu a casa da vítima e matou a mulher, que tinha 20 anos, e seu filho, uma criança de apenas cinco anos de idade, a tiros.

Durante as investigações, foi descoberto que o mandante do crime é o ex-companheiro da vítima. Em agosto do ano passado o Tribunal do Juri de São Jerônimo da Serra condenou o réu a 47 anos de prisão. Porém, o condenado recorreu da decisão alegando o suposto uso de provas ilícitas. Apesar disso, a 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná acatou o recurso do Ministério Público e aumentou a pena para 57 anos, 11 meses e 29 dias de reclusão. Além disso, a execução da pena é imediata visto que foi negado o pedido para recorrer em liberdade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.