12°C 27°C
Wenceslau Braz, PR

Veja a lista das escolas da região que podem ter a gestão privatizada

Proposta elaborada pelo governo do Estado foi aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo govenador Ratinho Junior

06/06/2024 às 15h05
Por: Marcelo Aguiar Fonte: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

O governador do estado do Paraná, Ratinho Junior, sancionou na última terça-feira (04) a Lei 22.006/2024 de autoria do Executivo Paranaense que cria o programa Parceiro da Escola em mais de 200 instituições em todo o Estado, inclusive na região do Norte Pioneiro. O projeto já havia sido aprovado pelos deputados na Assembleia Legislativa do Paraná.

De acordo com as informações divulgadas pelo governo do estado, o programa foi desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (SEED) e tem como objetivo aprimorar a gestão administrativa e infraestrutura das instituições estaduais em diferentes regiões do Estado por meio de parcerias com empresas especializadas em gestão educacional.

Após o projeto ter sido aprovado, o governador explicou que o próximo passo será realizar audiências públicas junto a comunidade escolar para avaliar a adesão ou rejeição de pais, alunos, professores e funcionários ao novo modelo, assim como foi feito no processo de implementação dos Colégios Civico-Militares, ou seja, de forma democrática e levando em consideração a opinião da comunidade escolar.

"O próximo passo é a consulta aos professores, pais, alunos e responsáveis, que vão decidir, de forma democrática, se querem implantar o projeto em suas escolas. É uma nova dinâmica para que a melhor educação do País amplie seus horizontes", disse o governador Ratinho Junior.

Ainda conforme as informações divulgadas pela SEED, a lista de escolas que estão adeptas a participar do programa foi desenvolvida com base em avalições de dados que apontaram que estas instituições são passíveis de aprimoramento das questões pedagógicas. Um dos principais pontos a serem tratados através do novo modelo é o combate à evasão escolar.

Antes de ser aprovada pelos parlamentares, a Lei foi apreciada na Assembleia e recebeu emendas dos deputados. Entre os principais pontos, está a possibilidade de os professores trocarem de escola caso queiram. Além disso, o programa também vai garantir que os docentes contratados pelo parceiro da escola tenham os mesmos salários e direitos a hora atividade que são previstos na legislação.

Outro ponto importante é que os candidatos a administrar as instituições deverão comprovar ao menos cinco anos de experiência em gestão educacional e capacidade técnica para participar do programa. Além disso, a Lei garante que as empresas irão atuar nos setores administrativo e financeiro, sendo que o projeto pedagógico irá continuar sob autonomia da SEED.

O programa não será aplicado em escolas indígenas, escolas em comunidades quilombolas, comunidades situadas em ilhós e nas escolas que seguem o modelo Cívico-Militar.

Na lista das 204 instituições que estão aptas a participar do programa aparecem escolas dos quatro Núcleos Regionais de Educação do Norte Pioneiro. No NRE de Cornélio Procópio aparecem as escolas Cyruaco Russo, de Bandeirantes, e Aloysio de Barros Tostes, de Nova Fátima. No NRE de Jacarezinho aparece a escola Durval Ramos Filho, em Andirá. Já no NRE de Ibaiti, aparecem as escolas Aldo Dallago e Margarida F. Gonçalves, ambas de Ibaiti, e a escola Joaquim P. Oliveira, de Japira. No NRE de Wenceslau Braz, aparecem a escola Erasmo Braga, de Sengés, escola Carmelina F. Pedroso, de Arapoti, e escola Rodrigues Alves, de Jaguariaíva.

O governo destaca que países desenvolvidos do Reino Unido, Canadá, Coreia do Sul e Espanha, utilizam modelos semelhantes na gestão das instituições. Além disso, desde 2023 três escolas que ficam na Capital e Região Metropolitana já utilizam o modelo de gestão compartilhada. Segundo as avaliações da SEED, índices como matrículas, frequência e desempenho escolar apresentaram melhorias significativas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 369,504,28 +0,48%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%