12°C 23°C
Wenceslau Braz, PR
Publicidade

O Alto Preço da Festa: Rodeio de Guapirama levanta questionamentos sobre uso de recursos públicos

Mais de milhão de reais do cofre público financiam evento de três dias, gerando debates sobre prioridades municipais

08/03/2024 às 18h04 Atualizada em 09/03/2024 às 16h03
Por: Da Redação Fonte: DA REDAÇÃO
Compartilhe:
O evento ainda tem contratado para as apresentações a dupla Fiduma e Jeca, por 90 mil reais e a cantora Fiorella, também por 90 mil. Foto Reprodução
O evento ainda tem contratado para as apresentações a dupla Fiduma e Jeca, por 90 mil reais e a cantora Fiorella, também por 90 mil. Foto Reprodução

Guapirama – O município de Guapirama, no norte pioneiro do Paraná, sediará neste final de semana sua nona festa de rodeio, que acontecerá de 08 a 10 de março no centro de eventos da cidade. Entre as diversas atrações, destaca-se a banda Barões da Pisadinha, de forró eletrônico, contratada por um cachê de 300 mil reais, o que representa a maior parcela do orçamento do evento, financiado inteiramente por recursos públicos municipais.

Continua após a publicidade
Anúncio

O evento ainda tem contratado para as apresentações a dupla Fiduma e Jeca, por 90 mil reais e a cantora Fiorella, também por 90 mil.

Continua após a publicidade
Anúncio

Com um orçamento que ultrapassa meio milhão de reais, entre a contratação de artistas e valores pagos para a organização da festa, o evento coloca em xeque o uso do dinheiro público em tempos de crescente demanda por serviços essenciais. Enquanto a administração municipal opta por alocar uma fatia significativa de seu orçamento em um evento de três dias, moradores questionam a priorização de recursos, apontando áreas críticas como saúde e educação que, segundo eles, seriam mais merecedoras desses investimentos.

A decisão do governo de gastar tal quantia no rodeio gerou reações mistas entre a população. "Em tempos onde a saúde pública clama por mais investimentos, é difícil entender a lógica por trás de um gasto tão elevado com festas," comenta um servidor público que preferiu não se identificar por medo de perseguição. Essa percepção é compartilhada por muitos em Guapirama, que veem o evento como uma extravagância frente às necessidades mais urgentes do município.

Prefeito Eduí Gonçalves e o vice-prefeito e organizador do evento, Einazibe

Procurado para comentar sobre o orçamento do evento e as críticas recebidas, o governo municipal, através do prefeito Eduí Gonçalves, optou pelo silêncio, não fornecendo declarações sobre os gastos ou sobre como espera que o evento beneficie o município a longo prazo. Procurado para expor os valores gastos na contratação da Cia de Rodeios CRP, o vice-prefeito e presidente da organização, Einazibe Ursolino de Lima (Nagib), não retornou as ligações da reportagem.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.